O que fazer se meu filho não aprende?

O ano letivo vem carregado de muitas expectativas e também pode significar uma nova etapa no desenvolvimento da criança.

Por: Saúde Atual
 
Simone Ferreira França
Sirlene Guedes
Psicopedagoga e Especialista em Educação Especial Simone Ferreira França
Sirlene Guedes
Psicopedagoga e Especialista em Educação Especial

Imagine a surpresa dos pais quando são chamados na escola e informados que seu filho apresenta "problemas de aprendizagem", ou que "não está conseguindo acompanhar a turma". Esta informação pode alterar a dinâmica familiar, gerando preocupação e insegurança a respeito do futuro dessa criança. Essa nova realidade gera um conflito onde pais começam a questionar:

- Meu filho não aprende. O que fazer?

Esta é uma das mais angustiantes perguntas de pais com filhos em idade escolar. Unem-se a elas outras como: Meu filho não sabe ler e/ou escrever, é normal? Tem algum problema? Ele tem TDAH? É disléxico?...E agora?

Todos os dias adentram em nossos consultórios pais aflitos e com medo de que algo esteja errado com seu filho, angustiados com a possibilidade de ouvir de nós que não são perfeitos, normais, ou que eles, pais, falharam.

Mas, o que é anormal na aprendizagem? Os pais estão preocupados com a perfeita educação escolar de seus filhos para um perfeito futuro, o que é uma atitude louvável, lógico. Mas... e quando algo dá errado? E quando nossos filhos não estão aprendendo no ritmo esperado “pedagógicamente”? E quando não são atentos? E quando "odeiam" estudar?

Problemas na aprendizagem existem e são vários. É necessário que a família pense sobre o que pode não estar dando certo, levantando questões como: A metodologia da escola é adequada ao modo como a criança aprende? A escola tem profissionais qualificados, espaço físico e materiais didáticos adequados?

A família oferece estímulos culturais enriquecedores?

Está sendo cobrado desempenho além do que a criança é capaz?

A família é organizada, oferecendo rotina adequada e supervisão dos trabalhos escolares?

Será que meu filho possui algum transtorno de aprendizagem?

Aprender é um processo natural, espontâneo e prazeroso. Portanto, para auxiliar seu filho que enfrenta dificuldades para aprender, é necessário identificar a causa (ou causas), realizando uma avaliação psicopedagógica clínica que, de acordo com cada caso, poderá dar subsídios necessários para que esta criança e/ou adolescente seja atendida através de uma equipe multi-disciplinar.

Posteriormente às investigações, este profissional realiza um plano de intervenção, sendo fundamental o engajamento da família e da escola, onde proporcionaremos condições para que seu filho conquiste ou recupere o prazer em aprender.

“Se nossas crianças estão no mundo da lua, tragam a lua para a sala de aula”. Alicia Fernandes

Simone Ferreira França
Sirlene Guedes
Psicopedagoga e Especialista em Educação Especial

Envie seu Comentário